segunda-feira, 7 de junho de 2010

Foi muita amizade!

São tantas as saudades que tenho e terei daquilo que fomos e daquilo que criámos. Risos e histórias que passámos, dos teus castigos e dos teus abraços que me faziam acreditar que te tinha para sempre. Não imaginas o quanto me aptece voltar atrás e começar tudo outra vez, e quando acabar voltar ao inicio. A nossa vida juntos é comparavel a um livro de contos e fantasias que abro na página do nada e acabo na página da saudade. E agora? Agora só penso naquilo que não fiz. Só penso que já nada era como dantes e que a tua amizade faz-me falta (muita mesmo). Peço desculpa por te magoar e pela ignorância que te mostrei, por não te ter dado mais de mim e por não voltar a rir contigo. Agora choro lágrimas da criança que era. Choro lágrimas pelo tempo passar tão rápido e ficar sem tempo de te abraçar.

Obrigado por teres sido tão especial e por me teres feito feliz naqueles tempo. Acredita que nunca mas nunca te vou esquecer. ADORO-TE MARTINHA <3


6 rifa(s):

Tátjii* disse...

de nada (:
que texto bonito $:

cátia sofia disse...

texto muito bonito :)

adriana. disse...

que texto lindo :)

inês ; disse...

amizades assim são especiais, marcam-nos imenso, tornam-se insubstituíveis. e não é o tempo, nem a distância, nem nada, que nos faz esquecer delas.

Rute disse...

Selinho oficial para ti no meu blog (:

Nathalia Reis disse...

adoro completamente, um texto muito bom :)

Enviar um comentário